"MOCAMBIQUE PARA TODOS,,

VOA News: África

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Renamo abraça Pio Matos e promete ajudá-lo


membros da Renamo nas última campanha eleitoral
Esta quinta-feira, a Assembleia Municipal de Quelimane (AMQ), esteve reunida em Sessão extraordinária, por sinal, a primeira do ano. A agenda era única. Analisar a carta de renúncia entregue pelo edil de Quelimane, Pio Matos, última segunda-feira, ao Secretariado da Assembleia Municipal desta cidade.
Nesta sessão, apenas a bancada da Frelimo com 22 membros é que votou a favor da renúncia do edil de Quelimane, numa clara demonstração ao respeito da directiva partidária.
Já a Renamo, com 17 membros, votou contra argumentando que Pio Matos, ainda tem forças para trabalhar, dai que, os motivos que evoca na carta, diga-se até a realização da Sessão, a mesma estava apenas na posse do presidente da Assembleia, não são os reais.

Argumentos das bancadas divergem
A bancada da Frelimo, diz que a renúncia de Pio Matos embora triste pela forma que é feita, deixa um vazio no seio daquela bancada, porém, esta mesma bancada na voz do seu respectivo chefe Armando Chagunda, diz que, o trabalho do edil de Quelimane é notório, tendo apontado o caso de melhoramento de vias de acesso nos bairros, expansão de água, rede eléctrica, só para citar alguns exemplos.
De acordo ainda com Chagunda, a renúncia de Pio Matos, significa que ele é um homem comprometido com as causas da cidade, dai que, de acordo com as explicações do chefe da bancada da Frelimo, o próximo candidato ao cargo de presidente do Concelho Municipal de Quelimane, vai seguir as directivas e manifesto eleitoral que Pio Matos deixa ao meio.
Já a bancada da Renamo, veio ao de cima com apoio ao Pio Matos. Conforme explicações da bancada da Renamo, cujo seu chefe da bancada Noé Mavereca foi o timoneiro do apoio ao edil, fez saber que aquele partido na oposição, abraça ao Pio Matos e promete apoia-lo onde for.
De acordo ainda com Mavereca, a decisão da renúncia do edil de Quelimane, não é por vontade própria, mas sim, tudo indica que houve uma força oposta que obrigou o edil a deixar o seu lugar. Num outro passo, a Renamo diz que Pio Matos ainda tinha muito a dar a esta cidade, dai que a saída prematura que a Frelimo apoia, pode ser uma grande desilusão aos munícipes.
Entretanto Munícipes exigem explicações claras
Os munícipes na cidade de Quelimane querem explicações claras que levaram Pio Matos a renunciar do cargo. Após termos estado na Sessão da Assembleia Municipal, saímos a rua para ouvir os munícipes de Quelimane, aqueles que votaram Pio Matos a 19 de Novembro de 2008, nas terceiras eleições autárquicas do país, ao que ficamos com a sensação de que Pio Matos deve explicações aos munícipes que o votaram.
Alfredo Renato, munícipes diz que vive na cidade há mais de 20 anos e diz que a renúncia do Pio Matos é algo estranho e diz que os que mandaram Pio Matos renunciar, estão a faltar respeito aos munícipes que votaram. De acordo com Renato, o edil de Quelimane, deveria ter o mínimo de respeito pelo menos para explicar os munícipes o que terá acontecido.
“Pio Matos deve-nos explicações, dai que exacta renúncia peca por não ser de consulta pública”-disse a fonte. Claudina João diz ser residente do bairro Torrone. Quando abordamos em volta deste assunto, Claudina disse nos que Pio Matos fez muita coisa nos bairros, por isso, ele deveria continuar.
De acordo ainda com a nossa entrevistada, a saída de Pio Matos não podia só parar na AMQ, mas sim, os munícipes que votaram, aqueles que o edil foi pedir votos aquando das eleições autárquicas, deveriam ser consultados. Esta não consulta aos munícipes mostra que não foi vontade pessoal. “Ele esteve no dia da cidade, porque não explicou a nós como munícipes naquele dia”-questionou a senhora.
Por outro lado, esta cidadã diz que esta situação não deixa satisfação nos munícipes desta cidade, que tanto apoiaram Pio Matos, mas que hoje sai ao meio do mandato e sem dizer nada. Refira-se que Pio Matos está no poder há pouco mais de 12 anos, ele faz parte dos poucos presidentes que vem do primeiro mandato.
DIÁRIO DA ZAMBÉZIA – 25.08.2011
Veja aqui a carta de renúncia:


Sem comentários:

Enviar um comentário

| REFLECTINDO SOBRE MOCAMBIQUE |

| DEBATES E DEVANEIOS |

Angola24Horas

Últimas da blogosfera

World news: Mozambique | guardian.co.uk

Frase motivacionais

Ronda noticiosa

Ocorreu um erro neste dispositivo

Cotonete Records

Cotonete Records
Maputo-based group

Livros e manuais

http://www.scribd.com/doc/39479843/Schaum-Descriptive-Geometry