"MOCAMBIQUE PARA TODOS,,

VOA News: África

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Renamo aprova acções de Araújo e deixa a Frelimo enterrada em Quelimane

Manuel de Araújo
O Conselho Municipal de Quelimane, sob gestão de Manuel de Araújo, eleito em Dezembro do ano passado, já completou seis meses da sua governação. Para o efeito e como mandam as regras, a edilidade remeteu ao órgão deliberativo, neste caso a Assembleia Municipal de Quelimane (AMQ), o seu relatório de actividades referente ao período em alusão.
Neste relatório do Conselho Municipal, constam acções tais como a limpeza da urbe, recolha de resíduos sólidos, aquisição de semáforos (os problemáticos), tapamento de buracos na zona do cimento (actividade que o governador diz ser da sua autoria), organização da estrutura organizativa do município, neste caso a reabilitação do Posto Administrativo Urbano número 1, plantio de árvores, inicio da construção do muro de vedação do Cemitério da Dona Ana, entre outras actividades.
Estas e outras coisas fazem parte das acções desenvolvidas pela edilidade nos últimos seis meses da sua governação.
Entregue o documento para o respectivo debate e aprovação na AMQ, na sua XVII Sessão Ordinária realizada, última Sexta-feira (24), em Quelimane, eis que mais uma vez, a Frelimo votou contra, sob varias alegações.
Renamo vota a favor e “enterra” Frelimo
Quando se chegou a vez da votação do relatório, uma vez que o mesmo já estava nas mãos dos membros da AMQ, houve apenas pequenos esclarecimentos por parte do edil Manuel de Araújo, mas sem muita profundeza.
Na hora de levantar os boletins de votação na posse dos membros da Assembleia Municipal de Quelimane, eis que só a Renamo deu luz verde votando a favor do relatório do edil de Quelimane.
A Frelimo absteve-se e manteve os seus cartões de voto debaixo dos assentos.
“Votamos para encorajar o edil a trabalhar” - Noé Mavereca
Instando a pronunciar-se sobre o voto a favor que deram ao relatório de actividades da edilidade, Noé Mavereca, não pensou duas vezes, disse de viva voz que a votação a favor que a sua bancada fez ao relatório tem uma única missão, encorajar o edil a desenvolver mais acções para o bem-estar dos munícipes de Quelimane.
Aliás, Mavereca sublinhou que mesmo que uns não queiram aceitar, há muita coisa que está a mudar na cidade de Quelimane, tendo apontado, a limpeza da urbe, tapamento de buracos e entre outras acções que na óptica da sua bancada, só precisam de mais esforço, por isso, o voto a favor tem em vista ajudar na melhoria destas acções.
“Tudo aquilo faz parte do plano deixado por Pio Matos” - Armando Chagunda, chefe da bacncada da Frelimo
Por seu turno, Armando Chagunda, chefe da bancada da Frelimo na AMQ, disse que a sua bancada não votou por achar que as acções que o edil de Quelimane diz ter realizado nos últimos seis meses fazem parte do plano deixado pelo então edil de Quelimane, Pio Matos.
Na óptica de Chagunda, Araújo não tem capacidades suficientes para em seis meses tapar buracos, colocar semáforos e por ai em diante. Isso sim, resulta de um plano da Frelimo que havia sido desenhado, só que não teve a sua execução por causa daquela saída do Pio. Por isso, não vê motivos para votar a favor.
A ser assim?
Ora, com atitudes como estas que a bancada da Frelimo tem vindo a protagonizar, pelos vistos, o enterro está cada vez mais a ser algo visível.
Algumas correntes não compreendem como é que este partido segue esta maneira de agir, sabendo que os seus anseios a curto prazo são de reconquistar a cidade nas mãos da oposição. Mas enquanto as eleições não chegam haverá mais sessões e mais documentos para serem votados. @verdade

Sem comentários:

Enviar um comentário

| REFLECTINDO SOBRE MOCAMBIQUE |

| DEBATES E DEVANEIOS |

Angola24Horas

Últimas da blogosfera

World news: Mozambique | guardian.co.uk

Frase motivacionais

Ronda noticiosa

Procure no YouTube

Cotonete Records

Cotonete Records
Maputo-based group

Livros e manuais

http://www.scribd.com/doc/39479843/Schaum-Descriptive-Geometry