"MOCAMBIQUE PARA TODOS,,

VOA News: África

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Petróleo e gás colocam Moçambique no mercado internacional

As recentes descobertas de petróleo, carvão e de gás natural em Moçambique espevitam o país para uma posição privilegiada no mercado internacional e criam condições favoráveis para sua preferência na economia e nas finanças internacionais.

Segundo o Presidente da República, Armando Guebuza, que falava ontem na abertura da 48ª Feira Internacional de Maputo (FACIM) edição 2012, na vila de Ricatla, distrito de Marracuene, aqueles recursos minerais projectam Moçambique nos mercados da SADAC, União Europeia, Reino Unido, Japão, China e dos Estados Unidos da América.
Nesse contexto, Guebuza considera o momento oportuno para o fortalecimento do sector privado. Este deve, exortou o estadista, dar seguimento ao desenvolvimento da economia nacional e alargar o leque das exportações de produtos.
“Como Governo queremos que o sector privado seja mais forte para continuar a desenvolver a nossa economia. A lista das nossas exportações tem sido alargada a outros produtos. Temos que capitalizar as melhores práticas e serviços, não só para o mercado interno como também para mercados internacionais”, referiu.
Em ralação a Feira, o Chefe do Estado disse que Ricatla é um ponto de encontro de homens de negócio. Exortou aos organizadores do evento a terem um espírito de auto superação de dificuldades, criação de melhores condições para os expositores e contribuírem na melhoria da vida população local.
“Na interacção com os expositores e na visita aos pavilhões vimos produtos e serviços diversificados, exposição da nossa arte e cultura, sobretudo da música de estilo jazz, que tem como cartaz músico saxofonista moçambicano Morreira Chonguiça e o camaronês Manu Dibango”, disse Guebuza.
Premiações
Na mesma cerimónia de inauguração da FACIM 2012 foram premiadas com diploma de honra algumas empresas moçambicanas que se destacaram em 2011 na exportação de produtos.
Na categoria do prémio Maior Exportador, o vencedor foi a empresa Mozal SARL, líder na exportação de lingotes de alumínio para países como Suíça, Noruega, Congo, Reino Unido e Austrália. Na categoria de Mega Projectos, o prémio foi para a Mozambique Leaf Tobaco. A Companhia de Sena foi distinguida como Maior Índice de Crescimento em 2011, mercê da exportação de açúcar para África de Sul, Espanha e Holanda.
Enquanto isso, o prémio revelação e inovação foi para a empresa Moçambique Orgânico, líder na exportação de feijão, piripiri e vegetais diversos para o Reino Unido e a África do Sul.
Participam da 48ª edição da FACIM, que decorre sob o lema “Expandindo o horizonte dos seus negócios, optimizando as sinergias”, mais de mil e oitocentos expositores nacionais e estrangeiros. Encera a 2 de Setembro próximo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

| REFLECTINDO SOBRE MOCAMBIQUE |

| DEBATES E DEVANEIOS |

Angola24Horas

Últimas da blogosfera

World news: Mozambique | guardian.co.uk

Frase motivacionais

Ronda noticiosa

Procure no YouTube

Cotonete Records

Cotonete Records
Maputo-based group

Livros e manuais

http://www.scribd.com/doc/39479843/Schaum-Descriptive-Geometry