"MOCAMBIQUE PARA TODOS,,

VOA News: África

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Frelimo confirma sua “sociedade civil” na CNE

 Tal como  o Canal de Moçambique já havia avançado  

Maputo (Canalmoz) – A Assembleia da República (AR) elegeu hoje os três membros e respectivos suplentes provenientes da sociedade civil que irão integrar a Comissão Nacional de Eleições (CNE). São personalidades cujos nomes o Canal de Moçambique já havia avançado na edição da quarta-feira da semana passada. Todos com simpatias junto do partido Frelimo. Hoje apenas foram confirmados por meio de voto. São eles: Abdul Carimo Nordine, Rabia Zauria Ibraimo Valigy e Paulo Cuinica.
Ficaram como suplentes as seguintes individualidades: Delfim de Deus Júnior, Jeremias Timana, Júlio Cunela.
Recorde-se que concorreram para as três vagas as seguintes individualidades: Abdul Carimo, Alfiado Zunguza, Anastácio Chembeze, Benedito Marrime, Abenilde Nhalivilo (desistiu), Delfim Júnior, Gilles Cistac, Jeremias Timana, João Trindade, Leopoldo da Costa (renunciou a candidatura), José Belmiro, Júlio Cunela, Leonardo Massango, Paulo Cuinica, Rabia Valigy e Salomão Moyana.
A votação foi secreta na sala de sessões, e sabia-se logo à partida que seria aquela lista de três que seria eleita, tal como o Canal de Moçambique avançou em tempo oportuno.

Votação sem a bancada da Renamo

Logo que a presidente anunciou o agendamento da eleição dos membros da sociedade civil, a bancada da Renamo abandonou a sala de sessões, em cumprimento da sua decisão de não fazer parte de qualquer processo eleitoral sem que fiquem sanadas as questões pontuais como a paridade nos órgãos eleitorais, assunto que de resto está em debate nas infrutíferas negociações entre a Renamo e o Governo. 
Assim ficaram na sala apenas as bancadas da Frelimo e do MDM que contam com 191 e 08 deputados, respectivamente. Sob todas as hipóteses, estava já claro que só entrariam para CNE apenas individualidades simpáticas ao partido Frelimo. E foi o que aconteceu. Nomes com alguma intervenção pública de relevo como os de Gilles Cistac, Salomão Moyana ou mesmo João Carlos Trindade foram relegados aos últimos lugares. 

Leopoldo da Costa e a foto de membro da Frelimo 





Ainda na sessão de ontem houve tempo para explicações finais e oficiais da polémica candidatura de Leopoldo da Costa. Segundo o relatório da Comissão dos Assuntos Constitucionais, Direitos Humanos e de Legalidade, lido pelo respectivo presidente, deputado da Frelimo Teodoro Waty, Leopoldo da Costa disse em sede de Comissão que a foto publicada pela Imprensa (Canal de Moçambique) sugerindo que ele é membro da Frelimo, foi tirada em 2005, antes de ele ser presidente da CNE. Mas esta declaração não constitui verdade porque a foto foi tirada na reunião de quadros da Frelimo na Matola, quando Leopoldo já era presidente da CNE. (Matias Guente)

Sem comentários:

Enviar um comentário

| REFLECTINDO SOBRE MOCAMBIQUE |

| DEBATES E DEVANEIOS |

Angola24Horas

Últimas da blogosfera

World news: Mozambique | guardian.co.uk

Frase motivacionais

Ronda noticiosa

Ocorreu um erro neste dispositivo

Cotonete Records

Cotonete Records
Maputo-based group

Livros e manuais

http://www.scribd.com/doc/39479843/Schaum-Descriptive-Geometry