"MOCAMBIQUE PARA TODOS,,

VOA News: África

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Dar a volta ao banimento de música, implementando política de censura coerentes


- Existe mesmo uma política na área musical?

A história de censura da música em Moçambique, se a memória não me trai, remonta desde os primórdios da noite colonial. Com o advento da Independência e consequente implantação de um regime monolítico do tipo marxista-lenenista a censura tomou contornos mais políticos do que o que é ético um musico trazer à lume. Por exemplo, foi uma caracteristica notória não ouvir tocar na RM a música “Eu toco o que o povo quer”, brasileira, não porque ela tinha algo que ferisse susceptilidades mas simplesmente porque era tocada como ‘entradas’, ‘pingos’, ou ‘spots’ na então Radio "Voz da Africa Livre" da Renamo, dirigida, entao, por altos dirigentes da actual comissao politica, natural de Cabo Delgado. Zenaida, dona do blogue “Minha Voz”, depois de ter nos trazido ha' dias, a notícia sobre o banimento da música da Azagaia, volta 'a ribalta, com um artigo interesante sobre “a censura de palavras: uma opção ao banimento de músicas” que vela a pena conferir, aqui. Agradecemos Zenaida pelo artigo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

| REFLECTINDO SOBRE MOCAMBIQUE |

| DEBATES E DEVANEIOS |

Angola24Horas

Últimas da blogosfera

World news: Mozambique | guardian.co.uk

Frase motivacionais

Ronda noticiosa

Ocorreu um erro neste dispositivo

Cotonete Records

Cotonete Records
Maputo-based group

Livros e manuais

http://www.scribd.com/doc/39479843/Schaum-Descriptive-Geometry