"MOCAMBIQUE PARA TODOS,,

VOA News: África

segunda-feira, 29 de abril de 2013

"Camaradas vendem areas territoriais aos sul-africanos - para que serviu a nossa Independencia afinal?"

Dirigente sul-africano compra ilha no Arquipélago das Quirimbas por 70 milhões de dólares

 Ilha Quilálea que o político sul-africano, Tokyo Sexwale, comprou por 70 milhões de dólares norte-americanos em 2008.















Maputo (Canalmoz) – Tokyo Sexwale, destacado membro do ANC e membro do governo sul-africano, é proprietário da Ilha Quilálea, que integra o Arquipélago das Quirimbas no norte de Moçambique. De acordo com o semanário sul-africano, «Sunday Times», documentos apresentados num tribunal da África do Sul revelam que Sexwale tornou-se proprietário da ilha em 2008, tendo pago na altura cerca de 70 milhões de dólares norte-americanos, o equivalente a 2,135,000,000 meticais ao câmbio actual.
A fonte não refere a forma como o político sul-africano conseguiu contornar a Lei de Terras em vigor na República de Moçambique, ao abrigo da qual a terra é propriedade do Estado não podendo ser alienada. A mesma lei não prevê a emissão do DUAT (Direito de Uso e Aproveitamento de Terra) a título oneroso.
 A Ilha de Quilálea tem uma área de 35 hectares, sendo presentemente explorada para fins turísticos. A diária cobrada na estância turística de Quilálea varia entre os 4,320 e os 94,240 randes, o que na moeda nacional equivale a 14,466.90 e 315,592 meticais, respectivamente.
O facto foi revelado no decurso de um processo de divórcio litigioso instaurado pela esposa de Tokyo Sexwale. Tido como umas pessoas mais ricas na África do Sul pós-apartheid, Tokyo Sexwale é acusado de violência doméstica. Tokyo Sexwale e a esposa, Juddy Sexwale, são casados em regime de comunhão de bens. No processo movido contra o alto dirigente do ANC, Juddy Sexwale exige a partilha de bens do casal, que incluem um avião a jacto, «Learjet», avaliado em 11 milhões de dólares (335,500,000 meticais), uma mansão em Sadhurst, Joanesburgo, no valor de 60 milhões de randes (1,830,000,000 meticais),  e uma propriedade vinícola em Franschhoek, Província do Cabo Ocidental, avaliada em 20 milhões de randes (610,000,000 meticais), para além da Ilha Quilálea e outros avultados bens.

Sem comentários:

Enviar um comentário

| REFLECTINDO SOBRE MOCAMBIQUE |

| DEBATES E DEVANEIOS |

Angola24Horas

Últimas da blogosfera

World news: Mozambique | guardian.co.uk

Frase motivacionais

Ronda noticiosa

Ocorreu um erro neste dispositivo

Cotonete Records

Cotonete Records
Maputo-based group

Livros e manuais

http://www.scribd.com/doc/39479843/Schaum-Descriptive-Geometry