"MOCAMBIQUE PARA TODOS,,

VOA News: África

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Partido Renamo exige banimento da FIR

  Condição para realização das eleições  

…e diz que não vai permitir que haja eleições em 2013 e 2014 se as suas exigências não forem acatadas

Nampula (Canalmoz) – A delegação política provincial da Renamo em Nampula convocou uma conferência de Imprensa no último sábado para apresentar a sua posição em relação à promulgação pelo Presidente da República do pacote eleitoral e o que pretende fazer para que não sejam realizadas eleições no País. O tal boicote da Renamo visa tanto, no presente ano, as autárquicas, como no próximo ano,  as eleições gerais e provinciais.
Fernando Mendes Lavieque, membro residente da Comissão Política Nacional, ladeado pela delegada política provincial da Renamo em Nampula, Júlia Sebastião, e assistidos por mais de uma centena de membros na sala de sessões da delegação provincial foi quem se dirigiu à Imprensa para dizer que “os membros da Renamo estão fartos das brincadeiras da Frelimo”.
Lavieque leu uma moção de uma página onde apresentou a posição da Renamo em Nampula em relação às eleições, ou seja, relativamente à promulgação pelo chefe de Estado de parte da legislação que compõe o pacote eleitoral.
Aquele membro da Comissão Política Nacional da Renamo começou por dizer que “várias tentativas foram feitas junto ao Parlamento e ao Governo para a revisão do pacote eleitoral em determinados pontos em divergência” mas “a Frelimo e seu Governo com a sua arrogância e prepotência rejeitou quase todas as propostas vindas da Renamo”.
No entanto, segundo Fernando Lavieque, “a Renamo quer de forma incondicional uma nova ordem política nacional” que do seu ponto de vista se caracteriza por uma “democracia com eleições livres, justas e transparentes, o que, por sua vez, passa pelo “banimento da FIR e sua integração numa única força policial (PRM) e apartidária”.
Entende a Renamo que a despartidarização do aparelho do Estado, por via de um Governo de Transição, e despartidarização das forças da defesa e segurança sejam um dos principais pontos que devem ser considerados.
No fim, concluiu Lavieque que “não havendo condições democráticas, a Renamo em Nampula apela toda a população a não aceitar a realização das eleições, por isso a Renamo não vai participar e nem vai permitir que haja eleições autárquicas de 2013 e gerais de 2014”.  (Aunício da Silva)

Sem comentários:

Enviar um comentário

| REFLECTINDO SOBRE MOCAMBIQUE |

| DEBATES E DEVANEIOS |

Angola24Horas

Últimas da blogosfera

World news: Mozambique | guardian.co.uk

Frase motivacionais

Ronda noticiosa

Ocorreu um erro neste dispositivo

Cotonete Records

Cotonete Records
Maputo-based group

Livros e manuais

http://www.scribd.com/doc/39479843/Schaum-Descriptive-Geometry